maio 19, 2024

Vacinação contra HPV salva as mulheres do câncer de colo de útero, destaca ginecologista

 Vacinação contra HPV salva as mulheres do câncer de colo de útero, destaca ginecologista

“A gente fala muito pouco sobre uma doença que afeta muitas mulheres”, ressaltou a ginecologista Erica Lima durante a atualização de enfermeiros sobre prevenção do câncer de colo de útero. O evento que faz parte da campanha Outubro Rosa, promovida pela Secretaria Municipal de Saúde, foi realizado nesta terça-feira (24), no auditório da Faculdade Unex.

A médica destaca que a melhor forma de prevenir a doença é a vacinação que, no momento, é destinada para crianças e adolescentes entre nove e 14 anos e pode ser recebida em qualquer posto de saúde e, além disso, o exame preventivo. Segundo Lima, um dos maiores desafios é alcançar as mulheres que integram o público-alvo para o exame.

“Mulheres a partir dos 25 anos devem fazer o exame. Aqui, no Brasil, a nossa realidade é que temos uma alta procura de pessoas que estão fora do grupo recomendado. É importante que as mulheres que já iniciaram a vida sexual, procurem a unidade de saúde para ser avaliada”, enfatizou.

A enfermeira referência técnica em saúde da mulher, Alessandra Magalhães, relata que o exame é feito de forma simples e rápida, mas pode gerar um pequeno desconforto no momento. Segundo ela, durante o mês de outubro, as equipes de saúde estão intensificando mutirões para coleta.

“Todas as mulheres que têm ou já tiveram atividade sexual, principalmente com idade entre 25 a 64 anos devem fazer o preventivo. Quem tem uma idade menor, mas já iniciou a vida sexual há uns três anos também pode fazer. Para ter acesso, a interessada deve comparecer à unidade de saúde levando documentos pessoais, como carteira de identidade e cartão SUS, e logo após será avaliada pelo profissional de saúde”, explicou.

Secom Foto: Danielly Freitas

Whatsapp
Olá
Olá, podemos ajudar?