junho 12, 2024

Secretaria de Saúde detecta mais de 500 casos de infecções sexualmente transmissíveis este ano

 Secretaria de Saúde detecta mais de 500 casos de infecções sexualmente transmissíveis este ano

Durante todo o ano, a SMS intensifica a testagem e a distribuição de preservativos

As Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) são causadas por vírus ou bactérias e são transmitidas, principalmente, por meio do contato sexual desprotegido, com uma pessoa que esteja infectada. Somente neste ano, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) detectou 505 casos de ISTs.

Deste total, 211 tiveram resultado positivo para HIV, 182 para sífilis, 66 para Aids e outros 46 para hepatites virais. De acordo com Vanessa Sampaio, coordenadora do Centro Municipal de Referência em Infecções Sexualmente Transmissíveis, os pacientes diagnosticados estão sendo acompanhados por uma equipe multidisciplinar.

“Muitas pessoas vivem com o vírus e não sabem que cuidar da sua saúde sexual é um fator essencial. Usar preservativos, fazer exames regulares são fundamentais para o diagnóstico precoce, o tratamento é eficaz e pode salvar vidas. Sempre alertamos as pessoas a não terem medo em procurar ajuda e seguir as orientações médicas. A falta de prevenção nos preocupa, mas a ampliação do diagnóstico tem sido reforçada”, destacou a coordenadora.

Durante todo o ano, a SMS intensifica a testagem e a distribuição de preservativos para a população no Centro de Referência ou em qualquer Unidade Básicas de Saúde e de Saúde da Família.

Além do preservativo, o município dispõe de outros métodos de prevenção, como a Profilaxia Pós-Exposição ao HIV (PEP), medicação que pode ser tomada até 72h após a exposição a uma situação de risco. A Secretaria de Saúde também disponibiliza a Profilaxia Pré- Exposição (PrEP), porém, não protege de outras infecções sexualmente transmissíveis, a exemplo da sífilis.

O PEP é disponibilizado nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) dos bairros Queimadinha e Mangabeira, no Hospital Clériston Andrade (HGCA) e no Hospital Estadual da Criança (HEC). Nestes locais também é possível realizar teste rápido, que apresenta o resultado em menos de trinta minutos.

Para iniciar o uso da PrEP, a pessoa interessada deve procurar o Centro Municipal de Referência em IST/HIV/AIDS que fica localizado na rua Professor Geminiano Costa, Centro. Após avaliação e confirmada a necessidade, serão realizados exames regulares e a entrega da medicação de maneira gratuita.

Secom

Whatsapp
Olá
Olá, podemos ajudar?