junho 15, 2024

Prefeitura alerta para proibição de venda de pomadas de cabelo que causam cegueira

 Prefeitura alerta para proibição de venda de pomadas de cabelo que causam cegueira

Equipes de fiscalização estão atuando ativamente em estabelecimentos

A Prefeitura de Feira de Santana, por meio da Vigilância Sanitária (DIVISA), reforça orientação para estabelecimentos não venderem pomadas para modelar e trançar cabelo. A medida segue recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que suspendeu a comercialização do produto, que causa efeitos adversos graves, como queimaduras nos olhos e cegueira temporária.

A chefe da DIVISA, Thaís Borges, ressalta que as equipes de fiscalização estão atuando ativamente em estabelecimentos comerciais, alertando os vendedores a manterem o produto segregado, sem exposição à venda.

“Aconselhamos que salões de beleza, farmácias, lojas de cosméticos e todos os estabelecimentos que trabalham com pomadas para modelar e trançar cabelos adotem medidas rigorosas. A separação e identificação desses produtos são essenciais para assegurar que não sejam expostos diretamente aos clientes”, destacou.

A determinação da Anvisa não incluiu o recolhimento do produto dos estabelecimentos comerciais, mas orienta que as pomadas adquiridas antes da suspensão não sejam utilizadas por consumidores e salões de beleza.

A população pode contribuir com as fiscalizações da Vigilância Sanitária pelo número (75) 3612-6646 e aplicativo Fala Feira 156, e solicitar a vistoria de estabelecimentos.

Secom-Foto: Thiago Paixão

Whatsapp
Olá
Olá, podemos ajudar?