junho 22, 2024

Polícia registra 24 homicidios no mês de abril

 Polícia registra 24 homicidios no mês de abril

Foto do Departamento de Polícia Técnica (DPT)

Com 24 assassinatos, o mês de abril de 2024 registrou uma redução no número de Crimes Violentos Letais Intecionais (CVLIs) em relação a março em Feira de Santana, quando foram cometidos 33 homicídios.

A maioria dos crimes foi cometida com o uso de arma de fogo e pelo menos dois assassinatos foram cometidos com arma branca. Duas mulheres e três adolescentes estavam entre as vítimas. Um duplo homicídio também foi registrado e vitimou dois irmãos no bairro Campo Limpo, que juntamente com a Queimadinha e o George Américo lideraram o ranking de violência no mês passado, com 3 crimes, cada.

A polícia também registrou pelo menos um assassinato nas seguintes localidades: Três Riachos, Papagaio, Aviário, Santa Mônica, Tomba, Feira VII, Campo do Gado Novo, Gabriela, Asa Branca, Conceição, Santo Antônio dos Prazeres, Sítio Matias e Novo Horizonte, além dos distritos de Maria Quitéria e Jaíba. Até o final de abril, Feira de Santana registrou 112 homicídios. Segundo a Polícia Civil do município, houve uma redução de 13% se comparado ao mesmo período do ano passado.

CRIMES DE ABRIL NOS ÚLTIMOS ANOS
2023 – 24
2022 – 25
2021 – 47
2020 – 34
2019 – 22
2018 – 34

O delegado Gustavo Coutinho, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) declarou para o repórter Denivaldo Costa que os números ainda são considerados altos, mas pondera que desde que assumiu a especializada, em outubro de 2023, vem registrado quedas frequentes nos números da violência em Feira de Santana. Ouça

Confira abaixo, os dados comparativos de CVLIs, desde outubro de 2023:

outubro 2022 – 40 homicídios
outubro 2023 – 32
novembro 2022 – 36
novembro 2023 – 33
dezembro 2022 – 29
dezembro 2023 – 27

janeiro 2023 – 36 homicídios
janeiro 2024 – 33
fevereiro 2023 – 30
fevereiro 2024 – 23
março 2023 – 34
março 2024 – 33
abril 2023 – 24
abril 2024 – 24

Com informações de Denivaldo Costa (Ronda Policial) e imagens reprodução/arquivo.

Whatsapp
Olá
Olá, podemos ajudar?