maio 19, 2024

Ministro Renan Filho entrega obra que irá beneficiar cerca de 2 milhões de moradores da região norte da Bahia

 Ministro Renan Filho entrega obra que irá beneficiar cerca de 2 milhões de moradores da região norte da Bahia

Divulgação/Ministério dos Transportes

Com o intuito de aprimorar a infraestrutura rodoviária da Bahia, o ministro dos Transportes, Renan Filho, inaugurou, nesta segunda-feira (1º), o último trecho – de 45 quilômetros – das obras de pavimentação da BR-235/BA, conhecida como Rodovia do Vaqueiro. O empreendimento foi concluído por meio do Novo PAC, representando investimento federal na ordem de R$ 117 milhões.

“No primeiro ano do presidente Lula nós já aplicamos R$ 1,4 bilhão e neste ano nós vamos aplicar R$ 2,4 bilhões para tirar do papel sonhos históricos do povo baiano. Em 2022, o total investido foi de R$ 600 milhões. Isso significa 4 vezes mais recurso do que o último ano do governo anterior”, afirmou Renan Filho.

O segmento recém-concluído representa um avanço crucial para o desenvolvimento da região norte da Bahia, beneficiando 2 milhões de moradores e conectando os municípios de Campo Alegre de Lourdes e Remanso, de maneira mais segura e eficiente.

“Fazer esses investimentos hoje garante que o cidadão saia de Campo Alegre e chegue a uma cidade litorânea. Hoje, com asfalto, são 10h30 para ir a Salvador. Antes, esse trajeto levava mais de um dia”, destacou o ministro Renan Filho. O mototaxista Fabio Ribeiro, 40 anos, conta que o trecho pavimentado da Rodovia do Vaqueiro tornou as viagens mais baratas e rápidas: “Antigamente eu cobrava R$ 100, agora com R$ 60 eu vou lá. Era uma luta pra ir, era barro, lama, buraco, poça d’água. Agora rapidinho você está lá, dá pra fazer mais barato; ir pra Angico e Remanso tá uma maravilha”, comemorou o trabalhador.

Para o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, a rodovia pavimentada irá alavancar a economia da região. “Nessa estrada a gente vai transportar gente, mas também escoar a produção local. O mel que é produzido por Campo Alegre de Lourdes, os equipamentos e insumos passarão por aqui”, reforçou o governador.

A cidade de Campo Alegre de Lourdes é considerada a capital nordestina do mel e será beneficiada diretamente pela obra. A rodovia vai facilitar o escoamento da produção que supera as 500 toneladas de mel de abelha ao ano, de acordo com a Prefeitura Municipal.

Integração Regional
A melhoria realizada na Rodovia do Vaqueiro não apenas aprimora a mobilidade local, mas também fortalece a integração regional. Com seus 2.253 quilômetros de extensão, a BR-235 desempenha um papel fundamental na ligação entre os seguintes estados:

  • Pará,
  • Tocantins
  • Maranhão
  • Piauí
  • Pernambuco
    Sergipe
  • Bahia

Na Bahia, seu impacto econômico e social é especialmente sentido nos municípios de:

  • Campo Alegre de Lourdes
  • Pilão Arcado
  • Remanso

Novo PAC
A entrega na Bahia faz parte do Novo PAC, que retoma os investimentos no setor de logística – rodovias, ferrovias, hidrovias, portos e aeroportos – com o objetivo de reduzir os custos da produção nacional nos mercados interno e externo e melhorar a qualidade de vida dos usuários.

“Nós estamos trazendo aqui para a região, através do Novo PAC, a Policlínica Regional de Juazeiro. Além de diminuir a distância, nós vamos aumentar a quantidade de exames e a quantidade de atendimento”, garantiu o ministro da Casa Civil, Rui Costa.

Novas obras na BR-020/BA
Além da entrega do trecho da BR-235/BA, o ministro Renan Filho assinou uma ordem de serviço para obras de pavimentação de 12 quilômetros da BR-020/BA. O empreendimento ligará os municípios de Campo Alegre de Lourdes (BA) e São Raimundo Nonato (PI), tem prazo de execução de um ano e contará com investimento federal, por meio do Novo PAC, de aproximadamente R$ 30 milhões.

Trata-se de outra obra aguardada com esperança pelo mototaxista Fabio Ribeiro: “Quando chove, a gente só consegue andar a 20km/h, 25km/h. Se asfaltar lá e ligar até o Piauí, vai ser uma maravilha”. Ele explica que mora no meio do trajeto, faltando 6 quilômetros pra chegar na parte do Piauí. “Gasto 25 minutos em dia de chuva, 10 minutos em dia de sol. Hoje estraga carro, moto, amortecedor, fura o pneu. Com a rodovia, vou gastar seis minutos. E vai economizar muito a minha moto”, concluiu.

Também participaram da agenda em Campo Alegre de Lourdes, o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Fabrício Galvão; o prefeito do município, Enilson Marcelo Rodrigues da Silva; parlamentares das bancadas federal, estadual e municipal, bem como lideranças da região.

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério dos Transportes

Whatsapp
Olá
Olá, podemos ajudar?