junho 16, 2024

Feira de Santana tem redução em casos de sífilis

 Feira de Santana tem redução em casos de sífilis

Teste para diagnóstico da sífilis é ofertado de maneira gratuita

Em Feira de Santana, 256 casos de sífilis foram registrados entre janeiro e setembro deste ano. No mesmo período em 2022, 407 foram contabilizados. Conforme os dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), a redução foi de 37%. Durante este mês está sendo realizada a campanha Outubro Verde, que visa alertar a população para a importância do diagnóstico precoce e do tratamento da sífilis congênita.

De acordo com a enfermeira referência técnica da sífilis, Larissa Gonçalves, a maior queda está relacionada a sífilis congênita, que ocorre quando a gestante transmite a doença para o feto por meio da placenta. No ano anterior, 150 foram identificados, enquanto em 2023, houve uma diminuição para 42.

“A busca ativa, o diagnóstico precoce e o tratamento em tempo oportuno são fundamentais para evitar complicações. A nossa meta é zerar os casos de sífilis congênita e estamos trabalhando para isso, acompanhando e monitorando todas as gestantes que testam positivo”, ressaltou.

A enfermeira explica que a sífilis é uma infecção sexualmente transmissível e tem cura. Segundo ela, o diagnóstico é feito por meio de exame de sangue ou teste rápido.

“A prevenção ocorre pelo uso do preservativo na relação sexual e também da realização do pré-natal das gestantes, assistência que evita mulheres grávidas de repassarem a doença para os bebês”, destacou.

O teste para diagnóstico da sífilis é ofertado de maneira gratuita em todas as unidades da rede municipal de saúde. Para ter acesso, basta sinalizar o interesse na recepção do local e apresentar documento de identidade e cartão SUS.

Secom Foto: Roberta Costa

Whatsapp
Olá
Olá, podemos ajudar?