junho 12, 2024

Embasa se compromete a contratar carros-pipa para amenizar efeitos da falta de água na zona rural

 Embasa se compromete a contratar carros-pipa para amenizar efeitos da falta de água na zona rural

Reunião realizada na manhã desta quarta-feira na sede da ARFES

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) se comprometeu a contratar a quantidade necessária de carros-pipa visando o abastecimento de água na zona rural de Feira de Santana. Esse foi um dos pontos definidos na reunião entre dirigentes da estatal com o diretor-presidente da Agência Reguladora de Feira de Santana, Carlos Alberto Moura Pinho, na manhã desta quarta-feira (25).

A Agência Reguladora, autarquia da Prefeitura de Feira de Santana, abriu um processo administrativo contra a Embasa em decorrência dos frequentes problemas de abastecimento de água no município. O encontro de hoje teve o objetivo de alinhar medidas urgentes para solucionar o problema enfrentado pela população feirense.

“Pontuamos todos os problemas, os quais eles têm conhecimento. Eles explanaram sobre os trabalhos de otimização que vem desenvolvendo, mas nós exigimos que fossem definidas ações urgentes no sentido de atender a necessidade da população que vive na zona rural e em alguns lugares da sede, onde o abastecimento de água tem sido irregular”, pontuou Moura Pinho.

Quanto à contratação de carros-pipa, a Embasa informou que a principal dificuldade é a concorrência diante da situação generalizada de seca em todo o Nordeste do país. “Mesmo diante deste cenário, eles informam que já foi feito um contrato com uma empresa de Jequié e que de imediato colocariam no mínimo entre 6 e 8 carros para atender Feira de Santana. Mas que esse não seria o número definitivo. Se houver necessidade outros carros serão contratados conforme a disponibilidade no mercado”.

Moura Pinho também exigiu que o atendimento à população seja realizada da forma mais transparente possível. “No sentido de que os pedidos de abastecimento não sofram interferências políticas. E que sejam priorizados os estabelecimentos de saúde, as escolas, pessoas idosas e mais vulneráveis”, salientou.

Outro ponto importante tratado na reunião foi a possibilidade de compartilhamento de informações do Fala Feira 156, central de atendimento da Prefeitura, junto à Embasa, no que diz respeito às reclamações de falta de água. “O objetivo é garantir que a Embasa tenha um acesso mais rápido a essas informações para que as soluções também sejam providenciadas com maior celeridade”, observou Moura Pinho.

Para o presidente da Agência Reguladora o encontro foi produtivo. “Agora vamos aguardar as providências e ficaremos atentos a tudo o que foi garantido. Nosso objetivo é garantir que a Embasa cumpra o contrato firmado com o Município de Feira de Santana e garanta um serviço de qualidade e regular à população”, conclui Moura Pinho.

Secom/Foto Ney Silva

Whatsapp
Olá
Olá, podemos ajudar?