junho 15, 2024

Em Brasília, prefeito Colbert Filho defende redução de impostos e mais investimentos para Feira

 Em Brasília, prefeito Colbert Filho defende redução de impostos e mais investimentos para Feira

O prefeito Colbert Martins Filho participou da solenidade alusiva aos 190 anos de emancipação política de Feira de Santana realizada na Câmara dos Deputados, em Brasília, nesta terça-feira (19). O aniversário da cidade foi celebrado nessa segunda-feira, 18 de setembro.

O evento na capital federal contou com a presença de autoridades, empresários, representantes sindicais e membros da sociedade civil. Em seu discurso, o prefeito Colbert Filho destacou a força do segmento de comércio e serviços na cidade. “Por isso fizemos o projeto Novo Centro, reforçando esse setor que agrega grandes investidores em Feira de Santana”.

O gestor municipal também defendeu a redução da carga tributária. “No Brasil quem mais paga imposto é quem mais gera emprego. Está errado! Quem gera emprego tem que pagar menos imposto. É preciso que essa Casa nos ouça. Colocar ISS a 25% é um absurdo e precisa ser corrigido”, considera.

Colbert observou que o aumento da carga tributária representa um empecilho ao crescimento da economia. “Para termos uma cidade forte, uma cidade pujante, não podemos atrapalhar o comércio. Além de ser um grande centro, temos que transformar isso num polo logístico para que as nossas indústrias cresçam e prosperem cada vez mais”, declarou.

O prefeito destacou a ainda a necessidade de um grande aeroporto em Feira de Santana. E lamentou os atuais índices de violência. “A violência está muito grave em Feira de Santana e na Bahia. Isso tem que ser corrigido rápido. Não adianta a gente querer o crescimento da cidade se as pessoas sequer podem sair de casa por medo”.

Colbert lembrou ainda que a comemoração pelo aniversário da cidade foi marcada pela entrega de importantes obras, como novas escolas, além do Monumento do Vaqueiro, um importante símbolo cultural do município.

Ele encerrou seu discurso ressaltando a necessidade de maiores investimentos estaduais e federais no município. “E isso não é favor. Feira de Santana não precisa pedir favor. Quem deve mais a Feira de Santana é o estado da Bahia; quem deve mais a Feira de Santana é o Brasil. E está na hora dessas decisões serem tomadas aqui [em Brasília]”, pontuou Colbert.

Foto: Divulgação

Whatsapp
Olá
Olá, podemos ajudar?