julho 25, 2024

Vistoria do transporte escolar privado em Feira de Santana começa dia 3 de julho

 Vistoria do transporte escolar privado em Feira de Santana começa dia 3 de julho

A primeira vistoria deste ano para veículos que fazem o transporte escolar em Feira de Santana será realizada na próxima semana, entre os dias 3 e 7 de julho.

A execução é em caráter obrigatório e credencia o veículo para a prestação do serviço. A portaria consta em publicação no Diário Oficial Eletrônico do Município.

Os autorizatários devem enviar digitalmente a documentação exigida até esta sexta (30) através do endereço eletrônico. Este protocolo é condição necessária para o veículo ser vistoriado pela Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT).

O proprietário do veículo precisa ao acessar a plataforma de protocolo eletrônico do Município clicar em Central de Atendimento e, em seguida, selecionar a opção protocolos, escolher a forma de autenticação (login) e a solicitação de Vistoria do Transporte Escolar 2023.

O passo a passo envolve ainda o preenchimento do requerimento online, anexar os documentos obrigatórios e confirmar a solicitação, no qual será gerado um número de protocolo. Os autorizatários devem comparecer à Divisão de Concessões e Permissões para retirar o DAM e efetuar o pagamento até o dia 30.

“É necessário no ato da vistoria apresentar documentação original idêntica ao anexo do protocolo”, ressalta André Akio, diretor municipal de Transportes.

VISTORIA

A vistoria da Prefeitura de Feira será realizada das 9h às 11h30 e das 14h às 16h30, de segunda a sexta, na garagem da SOMA (Superintendência Municipal de Operações e Manutenção), localizada na Rua Tupinambá, s/n, bairro São João – vizinho ao Parque do Saber.

Serão observadas as condições de equipamentos obrigatórios e de segurança, como cintos, tacógrafo, freios, documentação do veículo e dos condutores, além de pintura de faixa horizontal na cor amarela, lanternas de luzes vermelha e branca, fosca ou amarela dispostas nas extremidades dos veículos.

“A orientação do prefeito Colbert Filho é garantir a segurança dos estudantes transportados e aprimorar a qualidade da prestação do serviço”, explica Sérgio Carneiro, secretário interino da SMTT.

O não comparecimento à vistoria no prazo previsto implicará na cassação da autorização e estarão, portanto, sujeitos à fiscalização e enquadrados na prática de transporte irregular de passageiros.

Secom

Whatsapp
Olá
Olá, podemos ajudar?