julho 25, 2024

Feira de Santana revive a tradição do Bando Anunciador no próximo dia 7

Foto: Edvan Barbosa – ASCOM UEFS

No próximo dia 07 de julho, a cidade de Feira de Santana será palco de uma das suas tradições mais coloridas e vibrantes: o Bando Anunciador. Este evento, que é uma celebração das raízes culturais da cidade, acontecerá graças à colaboração entre a Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), através do Centro Universitário de Cultura e Arte (CUCA), e diversos órgãos municipais e setores da sociedade.

A concentração para o cortejo se inicia às 6h na Praça da Matriz, com o percurso este ano passando por pontos icônicos como a Rua Conselheiro Franco e a Avenida Senhor dos Passos, culminando na Praça do Nordestino. Esta mudança de rota em relação ao ano anterior simboliza não só uma renovação no trajeto, mas também no espírito do evento, que busca a cada ano se reinventar e envolver ainda mais a comunidade.

O Bando Anunciador, que tem suas origens no século XIX, foi reconhecido oficialmente como um patrimônio cultural da cidade através da Lei nº 4.089, de 27 de junho de 2022. Esta legislação não só reafirma a importância do evento no calendário cultural local, mas também garante apoio para a sua realização, assegurando que esta festa única continue a ser uma expressão da identidade feirense.

Após um hiato causado pela pandemia de COVID-19, o evento retornou com força total em 2023, reunindo cerca de 40.000 participantes. Este ano, espera-se não apenas manter esse número, mas superá-lo, dado o crescente interesse pela festa que mistura história, cultura e muita alegria. Durante o evento, grupos vestidos em fantasias variadas e bandas locais percorrem o centro histórico, proporcionando um espetáculo de música, dança e criatividade, refletindo a irreverência e alegria que são marcas registradas dessa manifestação cultural.

Este ano, a festividade promete ser um espaço de encontro e celebração, reforçando não apenas a tradição, mas também a capacidade da comunidade de Feira de Santana de se unir e criar memórias duradouras. Com a lei assegurando sua continuidade, o Bando Anunciador segue não apenas como uma festa, mas como um símbolo da identidade cultural e histórica da cidade.

Fonte Ascom/ UEFS

Whatsapp
Olá
Olá, podemos ajudar?