julho 19, 2024

Casa da Puérpera do Hospital da Mulher acolheu quase 300 mulheres ano passado

 Casa da Puérpera do Hospital da Mulher acolheu quase 300 mulheres ano passado

Cerca de 60% são moradoras de municípios circunvizinhos

A Casa da Puérpera do Hospital Inácia Pinto dos Santos (Hospital da Mulher) acolheu mais de 294 mães em 2023. A unidade é mantida pela Prefeitura de Feira de Santana, por meio da Fundação Hospitalar há 12 anos – custeada com recursos municipais.

A instituição é destinada às mulheres que pariram no Hospital da Mulher e aguardam a alta dos bebê internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) ou Unidade de Cuidados Internediarios Neonatal ( UCINCO). Grande parte do internamento dos recém-nascidos é motivada por prematuridade, por este fator a permanência das mães na Casa da Puérpera é proporcional à dos seus filhos, o que pode levar meses.

De acordo com a diretora-presidente da Fundação Hospitalar, Gilberte Lucas, cerca de 60% das mães hospedadas na unidade são moradoras de municípios circunvizinhos.

“A Casa da Puérpera oferece um importante acolhimento principalmente para as mães que moram distante do hospital. Isso evita o deslocamento e permite que ela acompanhe a evolução do seu bebê até o momento da alta hospitalar”, explica.

Além do alojamento, elas recebem três refeições principais e dois lanches por dia. Participam de oficinas de artesanato e rodas de conversa com equipe de enfermagem e psicologia.

Para ficar ainda mais aconchegante, o Governo Municipal promoveu em 2022 uma reforma nas suas instalações, ampliando de 8 para 14 leitos em quartos climatizados. A unidade é composta ainda por cozinha, lavanderia, área de convivência e jardim, “proporcionando assim uma estadia baseada no acolhimento para estas mulheres”, declarou Gilberte Lucas.

Secom – Foto: Divulgação

Whatsapp
Olá
Olá, podemos ajudar?