Prefeitura proíbe venda e consumo de bebidas em espaços públicos do Rio Vermelho e Itapuã; veja outras medidas

 Prefeitura proíbe venda e consumo de bebidas em espaços públicos do Rio Vermelho e Itapuã; veja outras medidas
Compartilhe

O prefeito ACM Neto anunciou uma série de medidas relacionadas ao funcionamento de estabelecimentos em Salvador, nesta quinta-feira (17), como combate ao aumento de números de casos da Covid-19. Entre as principais, está a volta do horário normal de funcionamento de bares e restaurantes do Rio Vermelho e Itapuã.

Os dois bairros estavam com restrição de encerramento às 17h, das sextas-feiras aos domingos. A partir desta sexta (18), eles poderão voltar a funcionar no horário normal.

Neto também proibiu a comercialização e o consumo de qualquer tipo de bebida em espaços públicos dos dois bairros, de sexta a domingo, das 17h às 7h. A prefeitura fará fiscalização e apreensão de material em ambas as localidades. O comércio e consumo de comidas está liberado.

Outra determinação foi a proibição, para bares e restaurantes, de vender comida e bebida para pessoas que estejam em pé, tanto nas áreas internas, quanto nas áreas externas dos estabelecimentos do Rio Vermelho e de Itapuã.

Sobre os mesmos bairros, o prefeito também determinou que os comerciantes façam a delimitação física de seus bares, para que fique explícito quais mesas e cadeiras pertencem a cada estabelecimento. Segundo ele, a medida é para que haja mais facilidade na fiscalização e responsabilização por eventual descumprimento de algum dos comércios.

O descumprimento dessas medidas implicará na suspensão do alvará de funcionamento por tempo indeterminado.

Neto também autorizou ampliação do horário de funcionamento de salões de beleza, barbearias e similares, do período natalino até o dia 31. Com isso, os estabelecimentos poderão funcionar das 9h às 20h, de segunda-feira a domingo.

O prefeito ainda explicou que há um plano em execução para alongar a oferta do transporte público, de maneira que o serviço se adeque ao novo horário de funcionamento dos shoppings, centros comerciais, comércio de rua, salão de beleza, barbearias, entre outros.

Há dez dias, o prefeito anunciou que a orla da Barra será fisicamente interditada no dia 31, para evitar aglomerações na virada do ano. Nesta quinta, Neto detalhou que essa restrição será a partir das 17h. Os estabelecimentos que ficarem dentro da zona de interdição não poderão funcionar.

Turismo

Na mesma coletiva, o prefeito ACM Neto certificou dez estabelecimentos comerciais ligados ao setor turístico com o Selo Verificado, que funciona como um carimbo para os empreendimentos que estão seguindo os protocolos de prevenção à pandemia.

O secretário de Cultura e Turismo, Pablo Barrozo, também destrinchou o plano de marketing turístico para Salvador, que já havia sido apresentado pelo prefeito em agosto.

* Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores