Delegado alerta sobre golpe aplicado contra comerciantes de Feira de Santana

 Delegado alerta sobre golpe aplicado contra comerciantes de Feira de Santana
Compartilhe

Um levantamento da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) revela que mais de 40% do total de tentativas de golpes no Brasil são realizadas por ligações telefônicas e que entre janeiro e fevereiro de 2021, houve um aumento de 340%. Nos últimos dias a 1ª Coordenadoria Regional de Polícia Civil (1ª Coorpin) vem investigando uma nova modalidade de golpe praticado contra comerciantes de Feira de Santana.

Segundo o delegado Roberto Leal, coordenador regional da 1ª Coorpin, algumas vítimas compareceram à polícia alegou que receberam ameaças por telefone, ordenando o fechamento do comércio e exigindo o pagamento de valores.

Ainda de acordo com o delegado, os criminosos são de outros estados, mas conseguem dados das vítimas através das redes sociais e alegam que conhecem os familiares. Além de se passarem por membros de facções criminosas, os golpistas também utilizam nomes de delegados para convencer a vítima.

Embora seja proibido o uso de celular dentro dos presídios, a maioria dos golpes é praticada por detentos e a polícia orienta não receber ligações desconhecidas ou de códigos de outros estados que a pessoa não tenha nenhum conhecido ou parente.

Blog Central de Polícia, com informações de Sotero Filho e imagem ilustração.

* Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores