Alta de casos de covid e gripe já provoca impacto em companhias aéreas

 Alta de casos de covid e gripe já provoca impacto em companhias aéreas
Compartilhe

Voos da Gol e da Azul sofrem impactos com a alta dos casos de covid-19 entre funcionários | Marcelo Camargo/Agência Brasil

A empresa aérea Gol emitiu um alerta sobre possíveis impactos em voos por causa do aumento do número de casos de covid e influenza entre seus funcionários. A companhia afirma que está tomando medidas internas, dentro dos protocolos sanitários determinados pelas autoridades de saúde, para garantir a operação dos próximos dias.

O maior número de pedidos de afastamento são de tripulantes — pilotos e comissários — que precisam ficar em isolamento por testarem positivo para covid-19, principalmente pela variante ômicron, e do vírus H3N2 da gripe.

Na quarta-feira (06.jan), a Azul havia feito o alerta que seus voos já estavam sendo impactados em razão do número de tripulantes doentes. Na empresa, também houve uma alta de casos entre o chamado “pessoal de solo”, aqueles funcionários responsáveis pelos atendimentos nos aeroportos e ainda as equipes administrativas. Hoje, a Azul lidera o ranking de transporte de passageiros no país.

O presidente da companhia, John Rodgerson, avisou que “os próximos dias serão mais desafiadores para nossa operação como um todo e já começamos a realizar alguns ajustes para enfrentar essa situação”, disse o executivo.

A Azul afirma que cumpre as resoluções da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e os passageiros prejudicados são avisados das alterações ou reacomodados em outros voos da companhia com 72 horas de antecedência. Eles também podem pedir o reembolso integral.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) disse que está monitorando a operação das empresas aéreas e vai atuar para minimizar o impacto aos voos.

Sbt News

* Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores