Quem mentiu foi o presidente Eduardo Cunha, rebate Jaques Wagner

Jaques-Wagner-concurso-policia

Jaques-Wagner-concurso-policia

Escalada pelo Palácio do Planalto para rebater as acusações do presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner disparou. “Quem mentiu foi o presidente Eduardo Cunha”. Segundo o ministro, o deputado André Moura (PSC-PE) não esteve com a presidente Dilma Rousseff para barganhar. “Ele esteve comigo e só uma vez ontem”. À imprensa,Cunha disse que, à sua revelia, o deputado André Moura (PSC), um de seus principais aliados, foram oferecidos os três votos do PT no Conselho de Ética em troca da aprovação da CPMF. Ele teria sido levado à presidente Dilma pelo ministro da Casa Civil, Jaques Wagner.

Wagner afirmou que Moura o procurou para tratar do processo que Cunha enfrenta no Conselho de Ética da Câmara, mas desmentiu que o parlamentar tenha conversado com Dilma. “Eu conversei com André Moura. É verdade. A pauta única que ele trazia da parte do presidente sempre foi a questão do Conselho de ética e realmente os fatos estão aí. Nós conseguimos votar o que precisávamos e ele não conquisto o que alardeia, que é o motivo da chantagem. Eu não sou obrigado a ser verdadeiro com alguém que usa seu próprio poder para paralisar o país e a vida do Congresso Nacional”, disse Wagner em coletiva à imprensa.

Ainda de acordo com o ministro, após a confirmação de que os petistas votaram pelo prosseguimento do processo de cassação no Conselho de Ética, Cunha ameaça prorrogar a CPI. “É sempre a ferramenta da ameaça. É a pratica do presidente da câmara. Sempre ameaçando para conquistar o que quer. Quem mentiu foi o presidente Eduardo Cunha”.

Você também pode gostar ...

0 Pensamentos sobre “Quem mentiu foi o presidente Eduardo Cunha, rebate Jaques Wagner”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ITV Nordeste

No Banner to display