Greve Geral: ‘É dia de ficar em casa’, diz presidente nacional da CUT

download

A sexta-feira (14) se aproxima e a população já se antecipa para os impactos de uma possível greve geral, convocada pelas principais centrais sindicais do país. Motoristas, metroviários, rodoviários, ferroviários, professores, bancários, metalúrgicos, entre outras categorias, devem suspender suas atividades em protesto contra o projeto de reforma da Previdência de Jair Bolsonaro (PSL), os cortes na educação e por mais empregos.

O presidente nacional da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Vagner Freitas, afirmou que “sexta-feira não é para ir trabalhar, é dia de ficar em casa. É dia de cruzar os braços e dizer que não aceitamos os ataques aos nossos direitos, à soberania nacional e à democracia.”

Você também pode gostar ...

0 Pensamentos sobre “Greve Geral: ‘É dia de ficar em casa’, diz presidente nacional da CUT”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ITV Nordeste

No Banner to display