Companhia de Guarda da PM intensifica ações para coibir entrada de material proibido no Conjunto Penal de Feira

173679-3

A Companhia de Policiamento de Guarda da Polícia Militar realizou uma operação especial na manhã desta quinta-feira (29), com o objetivo de prevenir a entrada de drogas e objetos que não são premitidos no Conjunto Penal de Feira de Santana. A ação policial ocorreu na área externa da unidade penal e contou com o apoio da Rondesp Leste, que levou um cão farejador, e do Esquadrão Asa Branca.

O tenente-coronel Leonir Moraes informou para o repórter Denivaldo Costa que apesar da instalação do Body Scanner, que detecta objetos estranhos no corpo de uma pessoa, ainda existem tentativas de introduzir drogas e objetos ilícitos no presídio, principalmente através de arremessos por cima do muro.

“Essa máquina (scanner) tem coibido muito, tanto é que nós temos observado ultimamente muitos objetos sendo arremessados por cima do muro. Temos recolhido celulares, drogas, e a gente tem observado que as mulheres são as mais utilizadas para introduzir as drogas. Elas tem mais facilidade, mas a máquina tem inibido”, contou Moraes.

O tenente-coronel informou que já foram registradas três ocorrências de objetos apreendidos após serem jogados por cima do muro. Segundo ele, as drogas e objetos estavam bem empacotados para facilitar o arremesso, mas foram detectados pelos policiais da Guarda e por agentes penitenciários.

O oficial afirmou que as operações visam reforçar o policiamento ostensivo em toda a área que cerca o Conjunto Penal de Feira. “Estamos especificando a operação na área externa, para que eles percebam que é inútil esse tipo de procedimento”, concluiu.

Você também pode gostar ...

0 Pensamentos sobre “Companhia de Guarda da PM intensifica ações para coibir entrada de material proibido no Conjunto Penal de Feira”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display

ITV Nordeste

No Banner to display